fbpx

ANAC aprova novos pilotos de drones para voos BVLOS acima de 120 metros

ANAC aprova novos pilotos de drones para voos BVLOS acima de 120 metros

ANAC aprova novos pilotos de drones para voos BVLOS acima de 120 metros

A XPilot, empresa do Grupo XMobots especializada no treinamento de pilotos de drones, teve mais quatro operadores aprovados pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para a realização de voos BVLOS (Operação Além da Linha de Visada Visual) e acima de 400 pés (cerca de 121 metros).

Com essas novas aprovações, a XPilot continua a ser a única escola de pilotos de drones do Brasil com alunos habilitados e licenciados para a realização de voos BVLOS acima de 400ft.

Dois dos operadores aprovados, Moisés Pedrici e Gerson Azinari, fazem parte da equipe de Operações da XMobots, enquanto os outros dois pilotos, Julio Cesar Pusippe Paganeli e Cristiano Camargo da Silva, são operadores da empresa Atvos Agroindustrial, cliente XMobots.

ANAC aprova novos pilotos de drones para voos BVLOS acima de 120 metros

Os alunos passaram por três fases de treinamento teórico (fase 1 voo VLOS; fase 3.1 Regulamentação, Segurança de voo, Conhecimento técnico de aeronaves, Meteorologia, Navegação Aérea; e fase 4 voo BVLOS) e mais três fases de treinamento prático (na fase 2 voo VLOS; na fase 3.2 acúmulo de 30 horas de voo VLOS; e na fase 5 voo BVLOS). Em seguida eles se submeteram às avaliações teóricas e práticas da XPilot e, após serem aprovados, foram submetidos à prova teórica da ANAC.

A etapa final foi a XPilot receber em sua sede o Especialista em Regulação da Gerência Técnica de Certificação de Empresas da Superintendência de Padrões Operacionais (SPO) da ANAC, Conrado Klein de Freitas, para a realização de checagem de documentação e avaliação – teórica e prática – dos pilotos.

Em resumo, os pilotos obtiveram:
– Licença de Piloto Remoto de RPA de Asa Fixa até 25kg de peso máximo de decolagem;
– Habilitação para voo BVLOS acima de 400 pés AGL em espaço aéreo classes F e G.

“O objetivo principal da ANAC quanto ao licenciamento do pessoal que opera esses equipamentos, é garantir padrões mínimos aceitáveis, traduzidos em segurança nessas operações, mitigando os riscos a terceiros, sejam pessoas ou bens no solo, sejam outras aeronaves operando no mesmo espaço aéreo”, explica Conrado. E complementa: “Desde a 2017, a ANAC já emitiu 6 licenças e habilitações para pilotos, todos indicados pela XMobots Aeroespacial e Defesa, que operam aeronaves remotas de sua fabricação. A ANAC considera de suma importância esse tipo experiência para o desenvolvimento de normativos sobre a matéria que acompanhem a evolução e às expectativas do setor, atendendo aos padrões internacionais e às melhores práticas da indústria.”

Para Giovani Amianti, CEO das empresas XMobots e XPilot, essa aprovação mostra que as empresas do grupo estão focadas em oferecer ao setor operações seguras, tanto do ponto de vista da confiabilidade dos equipamentos quanto do ponto de vista da capacitação dos pilotos.

“A XMobots pensa de forma ampla, sempre focou e foca na solução dos problemas dos clientes, e para tanto, investe tanto na aprovação do projeto dos drones como na habilitação dos pilotos. Observamos que grande parte do setor de drones no Brasil ainda opera na ilegalidade. Pilotos de Drones com SISANT são autorizados a voar somente abaixo de 400ft e VLOS (na linha de visada visual). Entretanto, verifica-se que existem uma quantidade considerável destes pilotos que realizam diariamente voos acima de 120 metros e BVLOS (além da linha de visada visual)”, alerta Amianti.

“Especificamente sobre a XPilot, podemos dizer que estamos orgulhosos da trajetória da escola, principalmente pelo fato de mesmo não existindo instrução suplementar para habilitação de pilotos de drones da ANAC, a escola continua se destacando como a primeira e única escola de pilotos de drones que desde maio de 2018 possui, via ofício da SPO-ANAC, MEIOS DE CUMPRIMENTO ALTERNATIVOS APROVADOS para habilitação e licença de pilotos BVLOS acima de 400ft e BVLOS.”, ressalta Amianti.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: