fbpx

A XMobots realiza sua primeira venda de drones para a África

A XMobots realiza sua primeira venda de drones para a África

A XMobots realiza sua primeira venda de drones para a África

A XMobots está realizando sua primeira operação na África. A BDM Engenharia e Tecnologia, sediada em Angola, adquiriu um Echar 20D HA com câmeras oblíquas para expandir seus mapeamentos aéreos na área de geotecnologia. Com uma demanda crescente para mapear áreas extensas, viram a urgência em adquirir um drone que suprisse a necessidade desse tipo de trabalho.

Assim, após muita pesquisa, escolheram a XMobots devido à alta tecnologia empregada em drones. E, para otimizar o trabalho e o tempo, adquiriram o Echar. Com isso, podem mapear grandes áreas sem a necessidade de pontos de controle. Mas mantendo a acurácia posicional de poucos centímetros.

Edevaldo Ramos, um dos responsáveis pelas operações com drones da empresa, falou sobre a dificuldade em mapear com outros drones. “Eu fiz uma área de 400 ha com um drone multirotor. Consegui fazer? Consegui. Mas com muita dificuldade. Tive que fazer os pontos de apoio e implantar um por um. Hoje, nós fazemos mapeamento utilizando pontos de apoio. Posteriormente nós coletamos com o RTK. E isso dá muito trabalho”.

Sobre as expectativas com o Echar, ele afirmou que com o drone da XMobots, o trabalho ficará mais fácil e eficiente. “Com o Echar a gente vai conseguir mostrar aos clientes que conseguimos fazer áreas ainda maiores com alta acurácia, sem precisar coletar pontos de controle.”

 

Echar 20D

O Echar 20D consolidou-se como um dos drones mais confiáveis do Brasil. Indicado para o mapeamento de médias e grandes áreas, ele traz inovações que contribui para tornar sua operação mais simples, versátil e robusta.

Além da alta tecnologia aeronáutica, o Echar 20D utiliza aviônicos que são o estado da arte em tecnologia de drones focadas para voos BVLOS (Beyond Visual Line of Sight). Atualmente, o equipamento é o único drone do Brasil preparado para a realização de voos além da linha de visada. O seu processo de certificação BVLOS está em tramitação na ANAC, com previsão de término ainda em 2018.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: