fbpx

Para CEO da XMobots®, norma do Incra para uso de drones no georreferenciamento traz novas oportunidades ao setor

Para CEO da XMobots®, norma do Incra para uso de drones no georreferenciamento traz novas oportunidades ao setor

Para CEO da XMobots®, norma do Incra para uso de drones no georreferenciamento traz novas oportunidades ao setor

No último dia 19/02, o Incra, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, publicou a Norma de Execução nº 02 que certifica e estabelece parâmetros para o uso de drones no georreferenciamento de imóveis rurais. A notícia, aguardada com alta expectativa pelo setor, foi anunciada durante evento em Brasília – DF onde foram apresentados os resultados do georreferenciamento realizado com os drones do Instituto: 2 unidades do Echar 20C HA e 1 unidade do Nauru 500B HA, todos eles fabricados pela xmobots®.

Palestrante no evento, Giovani Amianti, presidente da xmobots®, explicou que a empresa percorreu um longo caminho para desenvolver a tecnologia HA (High Accuracy), que garante a acurácia posicional exigida pelo Incra no georreferenciamento com drones. “A xmobots® participa do desenvolvimento das metodologias para georreferenciamento rural com drone desde 2014. Ao longo desses anos executamos vários testes em áreas extensas sem custos para o órgão. No início deste trabalho o resultado do mapeamento ainda era classificado como PEC B pela equipe de cartografia do Incra. Concentramos um esforço enorme de Engenharia para o desenvolvimento da Tecnologia HP (High Precision), que foi melhorada até chegarmos na Tecnologia HA (High Accuracy), atendendo assim os requisitos PEC A com um GSD (Ground Sample Distance) de 5 cm” ,explica Amianti.

No final de 2016, o Incra abriu um processo licitatório para a aquisição de drones para serem utilizados em projetos pilotos que atestariam a qualidade dos produtos cartográficos gerados pela tecnologia. A xmobots® foi a única empresa com equipamentos que atendiam os requisitos técnicos do Instituto, vencendo a licitação. Com a entrega dos equipamentos em 2017, o Incra iniciou o trabalho de mapeamento cujos resultados serviram para validar oficialmente o uso da tecnologia. As peças técnicas resultantes dos mapeamentos com os drones Echar 20C HA e Nauru 500B HA foram apresentadas ao Comitê Deliberativo do Incra, que aprovou o material e deu o aval para a publicação da Norma de Execução.

“A Norma superou nossas expectativas. Inicialmente a expectativa era que a tecnologia dos drones pudesse ser utilizada somente em terras públicas, mas a Norma acabou abrangendo qualquer tipo de propriedade. Esperávamos que alguns tipos vértice sofressem severas limitações, mas o regulamento acabou aceitando qualquer vértice desde que possa ser visualizado. Dessa forma, acredito que a Norma de Execução atende ao anseio da sociedade por um método de georreferenciamento eficiente e que garante alta produtividade. Ela foi muito bem redigida e traz uma nova oportunidade para o setor”, completa o presidente da xmobots®.

Sobre a exigência da Norma em serem coletados 5 pontos de controle e 20 pontos de checagem para a utilização dos drones no georreferenciamento de imóveis, ele ressalta que sem a tecnologia HA, esse número poderá ser exponencialmente maior caso a captação das imagens seja feita com um equipamento cuja acurácia posicional não atende aos requisitos do Incra.

 “Utilizar os equipamentos que o Incra utilizou é um indicativo importante de que o resultado do trabalho terá grandes chances de ser aceito pelo órgão”, finaliza Amianti. 

 Os equipamentos da xmobots® com a tecnologia aprovada pelo Incra estão em promoção por tempo limitado. Saiba mais pelo e-mail contato@xmobots.com.br ou pelo telefone: +55 16 3413 0655.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: